O que muda quando definimos um objetivo?

Tive a oportunidade de fazer um curso de marketing digital super conceituado em setembro de 2014. Fiquei muito entusiasmado, me dediquei, aprendi vária maneiras de fazer um lançamento, e ao mesmo tempo me sentia frustrado por não saber por onde começar por ter tantas opções.

Fiz o que faço quando me percebo me exigindo resultados, me dei férias de estudar e querer aplicar marketing digital. Porém, eu havia lido o livro do Tim Ferriss “Trabalhe 4 horas por semana e fique milionário” e me dei conta que o marketing digital, o lançamento de negócios online seria o caminho para eu implementar os ensinamentos de Tim.

Defini o objetivo de lançar meu primeiro produto, mas não sabia por onde começar. Depois de muito pensar, decidi começar por criar meu canal no youtube, fazer entrevistas, me familiarizar com edição de vídeos e falar na frente da câmera. Comecei timidamente, meu primeiro vídeo foi para fazer uma homenagem no dia dos pais. Depois fiz uma série de entrevistas, por volta de 20, me superei, meu obstáculo mais significativo foi lidar com minha exigência e com algumas críticas de amigos sobre como me saí nos videos.

Quando definimos um objetivo, nossos comportamentos conscientes e inconscientes se alinham para o realizarmos. Alguns chamam isso de “coincidência significativa”. De fato, há um mês comprei o curso da Experts Academy, do Brendon Buchard, e caiu como uma luva. Parece que todas as minhas perguntas e dúvidas encontraram respostas num lugar só. Inclusive iniciar este blog faz parte dos efeitos do objetivo que defini.

Sigo com mais foco e motivação para me aprofundar no marketing digital, contribuindo para o Desenvolvimento Emocional e a Alta Performance também online.

Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão

Campos obrigatórios são marcados com *